Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 31, 2010

Suicídio-

Era manhã de sábado. Tocou o telefone e alguém atendeu.

Uma voz masculina, embargada pela emoção, a duras penas, começou o diálogo.

Desejava saber o que a doutrina espírita tem a dizer sobre o suicídio. Qual seria, segundo o espiritismo, a sorte daqueles que acabam com a própria vida.

Disse que estava com o firme propósito de pôr fim à vida miserável que estava levando há cerca de dois meses.

Salientou que sua falência fora decretada em cidade distante noutro estado do Brasil. E, para fugir ao escândalo, mudou-se de cidade em busca de uma oportunidade, mas em vão.

Agora, segundo afirmou, desejava fugir definitivamente da vida, para resolver de vez por todas seus tormentos.

Ouviu, da pessoa que o atendeu, em rápidas palavras, a posição espírita sobre o suicídio.

Que este é uma porta falsa, e que aqueles que a buscam na tentativa de acabar com os problemas somente os agravam ainda mais.

Que só se consegue sair do corpo, sem sair da vida, que continua pulsante no além …