18/12/2011

Clarice Lispector

Que minha solidão me sirva de companhia.
que eu tenha a coragem de me enfrentar.
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.

Que medo alegre, o de te esperar.
Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda.
A direção é mais importante do que a velocidade.
Não me corrija. A pontuação é a respiração da frase, e minha frase respira assim. E se você me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar.
Abro o jogo! Só não conto os fatos de minha vida:sou secreta por natureza.
Há verdades que nem a Deus eu contei. E nem a mim mesma
Sou um segredo fechado a sete chaves.
Por favor me poupem

E descobri que não tenho um dia-a-dia.
É uma vida-a-vida. E que a vida é sobrenatural.

Não me entendo e ajo como se entendesse. 
Sonhe com o que você quiser. Vá para onde você queira ir.
Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida
e nela só temos uma chance de fazer aquilo que queremos.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades
para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E
esperança suficiente para fazê-la feliz.
O que me mata é o cotidiano. Eu queria só exceções.
Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros
e as decepções do passado.


Clarice Lispector 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oração Do Perdão