Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 17, 2011

Clarice Lispector

Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras. 
Sou irritável e firo facilmente. 
Também sou muito calmo e perdôo logo. 
Não esqueço nunca. 
Mas há poucas coisas de que eu me lembre.




Eu queria escrever luxuoso. Usar palavras que rebrilhaassem molhadas e fossem peregrinas. Às vezes solenes em púrpura, às vezes abismais esmeraldas, às vezes leves na mais fina seda macia




Gosto do modo carinhoso do inacabado, do malfeito, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno vôo e cai sem graça no chão.




É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes. Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita. Eu chamo isto de estado agudo de felicidade.




É que por enquanto a metarmofose de mim em mim mesma não faz sentido. É uma metamorfose em que eu perco tudo o que tinha, e o que sou. E agora o que sou? Sou: estar de pé diante de um s…

Frases e pensamentos de Clarice Lispector

Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... 
Ou toca, ou não toca.
Clarice Lispector


Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar.




Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.




Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil.




Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.




Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.




E se me achar esquisita,respeite também.…

Frases de Martha Medeiros

Um amigo não segura a barra, apenas. Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco..


Desisti de esperar por alguém cuja ausência me faz companhia.


Depois de uma certa idade, somos todos veteranos de alguma relação amorosa que deixou cicatrizes.



Toda traição pega você desprevenido. A infidelidade, ao contrário, é sempre uma possibilidade, mesmo quando parece improvável.




Dor de cotovelo é pior que arrancar um siso, pior que fratura exposta. Aliás, é uma fratura exposta.





Melhor uma ausência honesta do que uma presença desaforada.


Para quem foi criança em outros tempos, O Natal era o arremate do calendário, era a compensação por tanto estudo e provas na escola.



Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, só mesmo agradecendo àqueles que gastam um pouco da sua energia conosco




Paixão rejuvenesce mais que botox.





Toda mulher é doida. Impossível não ser. A gente nasce com um dispositivo interno que nos informa... que sem amor, a vida não vale a pena.




A agressividade e a miséria e…